Edificação

#comportamento: 12 ERROS QUE AINDA COMETEMOS (part1)

No estudo da semana, vamos nos questionar quais são os erros que continuamos cometendo em relação a nossa vida com Deus. Estes, consequentemente, nos afastam e nos tiram do caminho que Ele escolheu para nós. E não pensem que esse post é apenas para os que não frequentam a igreja, ou novos convertidos, mas sim para todos! Pois, mesmo conhecendo a Palavra ainda damos umas mancadas que só a graça mesmo. Pra não ficar cansativo, dividi o tema em duas partes. Nesta semana, ficaremos com os seis primeiros tópicos e no próximo post, na semana que vem, os demais. Sem mais delongas… Vamos lá?

  1. Não ter tempo para Deus

“Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?” (Mateus 16:26)

Muitas vezes colocamos os nossos trabalhos, compromissivos, e até mesmo – pasmem agora – nossos ministérios na frente de Deus, e esquecemos de ter um relacionamento verdadeiro com Ele. Priorizamos o que se vê, ou seja, as coisas materiais e não as imateriais como Sua  presença e nossa adoração a Ele. Quando estava aqui na terra, Jesus, conversou sobre isso com duas irmãs. Marta que estava toda preocupada em arrumar a casa para receber Jesus, e Maria queria apenas estar a seus pés e escuta-lo. E foi Maria, segundo Jesus, que escolheu A BOA PARTE. A nossa vida não se resume a o quanto ganhamos, o que temos ou o que fazemos, nossa visão deve está além disso. Devemos ver as coisas eternas, pois, não somos daqui nem vinhemos para ficar. Essa vida é apenas uma passagem para vida eterna, e é a VIDA ETERNA que devemos focar.

  1. Achar que tem tempo demais

“Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece.” (Tiago 4:14)

Um outro comportamento precedido ao primeiro é achar que tem todo o tempo tempo do mundo! “Sou muito novo para entregar a sua vida a Deus, quero curtir”, “Ah, daqui a um tempo eu faço!”, por exemplo. Isso é típico de quem fica prolongando uma atitude ou decisão. Porém, é bom lembrarmos que não sabemos quando Jesus voltará, então devemos já está prontos pois pode ser daqui a dez anos ou até mesmo daqui a dez minutos. Pergunte a você mesmo agora… “Você seria salvo hoje?”

  1. Não continuar o que começa (ler Bíblia e oração)

“E, quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem.” (Mateus 6:7-8)

Pense em algo difícil de continuar, parece uma eternidade né? Um capitulo, mas no outro dia nem mesmo uma página, e depois nem si quer um versículo e de repente paramos de ler. Consequentemente, nossas orações ficam mais curtas e as vezes esquecemos, mas o que tem né? Foi só uma vez! Até que um dia o Senhor não houve a nossa voz… Como querer morar com alguém se você não  o conhece? (Não entendeu a pergunta? Ok, vamos lá… reformulando!) Como querer ser salvo se você não tem intimidade com Deus? O nosso relacionamento com Ele é através de quando nós falamos (oração) e Ele responde e nos guia (bíblia). Daí não venha me questionar: “Mas Deus não fala apenas pela Bíblia!” Que eu vou lhe responder que você tem toda razão… Entretanto, para que estejamos sensíveis a percepção do Senhor a nossa volta, precisamos estar afiados na palavra e na intimidade com Ele. Isso resolve 90% dos problemas que temos, acredite!

  1. Guardar Deus dentro de uma caixinha

“Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, o Filho do homem, igualmente, se envergonhará dele, quando voltar em sua glória e sob as honrarias do Pai e dos santos anjos.” (Lucas 9:26)

Não sei o que acontece conosco de termos vergonha de dizer: “SIM, NÓS SOMOS CRISTÃOS!” Vejo as matérias de pessoas que são perseguidas e até mortas só por declararem sua fé, mas não nós… Vivemos um uma sociedade livre, mas temos que nos encaixar com a mesma e “sermos aceitos”. Esse pensamento só fará uma coisa: NÃO VAMOS ENTRAR NO REINO DOS CÉUS. O que o Senhor deseja é que sejamos fieis a sua palavra e a Ele, e isso é o mínimo que podemos fazer já que ele fez e faz tupo por nós. Não devemos nos envergonhar pois nós quem somos livres!

  1. Achar que Deus está muito distante

“Porventura sou eu Deus de perto, diz o Senhor, e não também Deus de longe?” (Jeremias 23:23)

A imagem de Deus muitas vezes é vista como algo intocável, incessível… Quando na verdade é o oposto disso, o Senhor enviou seu filho para podermos nos relacionar diretamente com Ele, e na maioria das vezes somos nós que escolhemos está longe Dele. Nunca esqueça disso: O Senhor nos  criou para estarmos perto Dele, como criança de colo. Então cabe a nós procura-lo e está pronto para escuta-lo.

  1. Não ser sincero

“Ó meu Pai, se possível for, passa de mim este cálice! Contudo, não seja como Eu desejo, mas sim como Tu queres” (Mateus 26:39)

Na citação acima foi quando Jesus manifestou-se com sinceridade ao Deus, Ele sabia o que passaria, mas mesmo assim se submeteu a vontade do Pai. Jesus não omitiu a sua agonia e sofrimento, e isso é o exemplo que Devemos seguir. O Senhor só que que sejamos sinceros! Tá triste, com raiva, sofrendo?  Explica pra Ele! Gente, Deus é Deus! Ele sabe tudo o que se passa, mas querer escutar cada detalhe da nossa boca é um sinal de amor e cuidado. Se formos sinceros até em dizer: “Deus to cansado, hoje a oração vai ser mais curta, amém!” Ele recebe melhor do que se fizermos algo apenas para manter as aparências. O Senhor é sinônimo de verdade, consequentemente é isso que Ele espera de nós.

Bom meninas por hoje é só, espero que tenham gostado! Comentem aqui em baixo, e nos encontramos semana que vem para os próximos tópicos.

1beijodaká :*

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *