Edificação

#comportamento: COMO LIDAR COM AS CRÍTICAS?

O assunto de hoje será sobre algo que pode causar muitas dores: AS CRÍTICAS. E para sermos claros, não vamos citar aqui as críticas profissionais como um professor avaliando um trabalho, ou avaliadores de filmes, comida/restaurante,  ou músicas. Vamos discutir sobre as críticas do nosso cotidiano, àquelas que muitas vezes saem da nossa boca de forma insensata e que tem o poder mais de destruir do que consertar. Vamos refletir, o que realmente o que elas são e aprender a lidarmos com as mesmas. Afinal, querendo ou não, elas estão ai.

Vivemos em um mundo onde o nosso julgamento é automático, encontramos uma pessoa e já estamos analisando o seu batom, a cor da sua roupa, o seu cabelo e por ai vai. Mas algo que devemos parar para pensar, é que quando fazemos isso, nos colocamos na posição de juiz, e consequentemente, nos damos o direito de absolver ou condenar alguém. Qual o respaldo ou qual conhecimento a respeito temos para julgar algo, alguma ação ou alguém? Estamos edificando ou denegrindo alguém?

{Construtivas X Destrutivas} Se paramos para pensar de onde vem as críticas destrutivas, em sua maioria, são pessoas que não nos conhecem ou não fazem parte realmente da nossa vida, e fizeram um “pré-julgamento” ao nosso respeito. E esses comentários não tendem a nos ajudar, apenas apontar erros e muitas vezes menosprezar a quem se refere. “Ah, mas existem as críticas construtivas!”, podemos pensar. Sim, existem e essas são conhecidas também como conselhos, que em sua maioria, vem de pessoas que nos conhecem ou nos acompanham, – no caso de uma figura pública – e chegam para edificar e fazer a pessoa refletir sobre o que está fazendo ou acontecendo através de sugestões e orientações.  É dito de uma forma com tanto amor, que a mais pura “verdade na cara” não dói. A Bíblia nos fala sobre conselhos:

Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança. (Provérbios 11:14)

DICAS PARA LIDAR COM AS CRÍTICAS

  1. Analise de onde vem, de quem é, e o mais importante: defina se é positiva ou negativa. A maioria das pessoas que criticam, veem uma situação e a apontam como errada. Já a pessoa que quer te aconselhar, explica o que está acontecendo, mostra onde você está errando, e te ajuda com sugestões para melhorar.
  2. Tenha quem você é firmado em Deus, e mesmo que alguém te diga algo contrário isso não irá te abalar. Pare para pensar em um café, é em um café mesmo, se alguém o chama-lo de “chá” ele deixará de ser café? Quando estamos firmes a respeito de quem somos e do que estamos fazendo, as críticas negativas entrarão por um ouvido e sairão por outro.
  3. Entregue esses conselhos e críticas ao Senhor. Infelizmente, pessoas que chegam do nada nas nossas vidas criticando, não sabem o quanto isso pode fazer mal. Se existe algo que alguém disse que nos magoou muito é necessário que entreguemos ao Senhor e perdoar quem disse tais coisas. Já se recebermos um conselho, é necessário que também façamos o mesmo, assim, apenas Ele nos dará sabedoria para discernir e aplicar isso na nossa vida ou não.
  4. Não responta a críticas negativas. Se percebermos que alguém está como um “Hater”, apenas para nos colocar para baixo, é melhor “dar de ombros” e fingir que aquilo não é conosco. Pois, muitas das vezes essas pessoas só querem chamar atenção mesmo.

{Conclusão} Eu acredito que possam coexistir duas opiniões diferentes sobre o mesmo assunto ou situação, e o nome dessa relação é o respeito. Se algo errado para você, o mesmo pode não ser errado para outra pessoa. E isso já engloba outros assuntos como cultura, doutrina, conhecimento, criação, entre muitas outras coisas.

Esse foi o nosso post de hoje, e não esqueçam de deixar “a crítica” de vocês! kkkk

1beijodaká :*

Tags:

2 comments

  1. Parabéns Kássia, amei o post de hoje.

    Deus abençoe vocês.]]Bjs!!!
    Laura Feliz sempre fala em você!!!!

    1. Onnnnw, mt feliz por ter gostado.
      Mande um beijão para a Laura <3 ela é mt especial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *