DicasModa

#moda: O QUE EVITAR QUANDO MONTAR O LOOK PARA IGREJA

No post de hoje separei alguns tópicos relevantes sobre o que evitar quando estamos nos vestindo. Vale lembrar que os tais, são aplicados independente do momento ao qual estamos nos preparando seja para faculdade, trabalho, evento, festa, culto ou qualquer outro momento. Pois, todas aqui são templo e morada do Espírito Santo, e é por essa razão que devamos nos cuidar mantendo a aparência agradável, sempre arrumadas com roupas que valorizam nosso corpo. Entretendo, não devemos ser escândalo para nós mesmo. Vamos lá então?

:: OSTENTAÇÃO –

“Como joia de ouro no focinho de uma porca, assim é a mulher formosa que não tem discrição.” (Provérbios 11:22)

Ostentação é algo que nos últimos tempos entrou na moda! Viver de aparências si mostrando pelo o que tem, e não pelo o que é. Verdadeiramente o Senhor não se preocupa com o que vestidos, ou seja, ele não se importa se a marca que usamos é famosa ou não, Ele não vê como o homem… Ele quer o nosso coração. (1 Samuel 16:7) Devemos ser simples e humildes ao se vestir, e essas duas características não são relacionadas a quem tem pouco dinheiro e sim a quem tem um coração puro. Devemos ser gratos ao Senhor pelas coisas que Ele nos permite ter, e não ficar sendo vitrine de benção para os que estão ao nosso redor. Lá em Marcos 8:36, fala que não adianta o homem ter todo o mundo aos seus pés se não tiver a seu coração entregue ao Senhor, pois quando morremos não levamos nem mesmo o corpo que habitamos quanto mais os nossos bens. Não se sinta melhor ou pior pelo o que você veste – NUNCA! Pois, maior são as riquezas do coração do que as do bolso.

:: SENSUALIDADE –

“A sensualidade, e o vinho, e o mosto tiram o coração.” (Oséias 4:11)

Quando se fala em roupa, devemos evitar a sensualidade – pois esta não agrada a Deus. Então Kássia agora tenho que andar com saia abaixo do joelho? Não se trata de comprimento, se trata de SANTIDADE. Pois, o que adianta uma calça que possuí um comprimento adequado e estar delineando todo o seu corpo? É a mesma coisa de estar com uma ‘micro saia’. Desta forma, você pode sim está usando uma saia mais curta, mas combinar com uma blusa mais longa e fechada. Para que a maior parte do seu corpo esteja coberta, assim como uma blusa mais aberta pode ser combinada à uma calça ou saia mais longa que da mesma forma mantenha o corpo com sua maior parte coberto. Para peças únicas como vestidos e macaquinhos, existem as sobreposições – estarão com tudo na estação. Que são coletes, agora temos também o kimono, você pode usar até uma camisa aberta e assim por diante evitando colocar na vitrine algo que não está à venda.

:: MASCULINIDADE –

“Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao Senhor teu Deus.” (Deuteronômio 22:5)

Vivemos em um tempo contemporâneo onde muitas das roupas da mulher são inspiradas em trajes masculinos – a calça é um bom exemplo disso – e isso é moda, variação de se vestir de acordo com o tempo. Mas devemos entender que INSPIRAÇÃO não é exatamente o que é o objeto principal! Por exemplo, vou me inspirar em penas de pássaros e fazer uma estampa, os desenhos podem representar as penas, mas nunca serão elas. Então, mesmo com uma calça, terninho entre outras peças busquemos trazer as mesmas para a nossa realidade – MULHER. E podemos fazer isso através de cores, cortes mais delicados que valorizam o corpo, mistura de estilos, entre outras infinitas possibilidades. Uma polêmica por exemplo seria a calça boyfriend… Afinal como seu próprio nome já diz, é uma peça tirada do guarda-roupa do namorado. Pois bem, a mesma foi também adaptada em sua modelagem – fazendo com fosse mais curva assim como o corpo feminino, e mesmo assim continuando folgada na verdade sendo combinada com peças que despertam a feminilidade – como blusas românticas, cores delicadas, sapatos com saltos, entre outros – formará um look muito feminino.

:: TROPEÇO –

“E uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.” (1 Pedro 2:8)

Pedra de tropeço, seria aquela pedra do meio do caminho que nos faz cair por causa de sua posição no lugar errado. E esse tópico serve não só pra roupa assim como pra vida! O que fazemos ou deixamos de fazer deve ser para honrar e glorificar a Deus, e não fazer o nosso irmão pecar também – ou seja somos a tal pedra lá. Ao nos vestirmos inadequadamente podemos provocar o desejo no nosso irmão, e sendo esta mulher podemos também fazer ela pecar por inveja do seu corpo por exemplo, se escandalizando com o que você está mostrando – pois nossa nudez deve ser guardada apenas para o nosso marido, assim como a do homem para a sua esposa – ou também julgando indevidamente você.

Mais importante é nos vestir da presença de Deus!

“Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos. Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.” (1 Timóteo 2:9-10)

Essa foi o texto base que usei esse acima, ele nos traz a luz da bíblia que devemos ser modestas, puras e não se importar com as aparências. E sim, nos preocupar com o o nosso coração, e saber que a melhor vestimenta é ser bom testemunho do Senhor.

(Foto/Reprodução: Google)

Por hoje é só meninas, espero que tenham gostado!

1beijodeká :*

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *