Resumo SemanalVida Real

[ resumosemanal ] Uma semana tipo: MONTANHA-RUSSA

Say Hi Girls!

O que falar dessa semana!? Bom, sinceramente não sei, logo se ao final do texto você perceber que nada disso fez sentido pelo menos nas primeiras linhas você já estava, oficialmente, avisado.

Eu não sei vocês, mas eu gosto da segunda-feira, especialmente depois que saí do colégio e comecei a vê-la como um começo, ou recomeço se assim for mais apropriado. Não é a toa que gosto planejar minha semana e escrever o #resumosemanal aqui no blog aos domingos. Mas o ponto é que muitas vezes, assim como em uma montanha russa, não estamos preparados para as decidas e subidas (as vezes tem os loops também) que a vida dá, por mais que: 1. Seja a nossa escolha subir no carrinho; 2. Na maioria das vezes estejamos extremamente animados com esse início. Enfim, toda essa metáfora para exemplificar que no início da semana eu estava toda animada e muito bem, eu e o Jorge fizemos um passeio para o parque de diversões que aparece anualmente na nossa cidade, e rolava aquele “sentimento de semana nova” que eu tanto aprecio. Comecei, e terminei, série Girl Boss – finalmente inclusive. Além de ter cumprindo vários dos objetivos semanais. Todavia de repente eu fiquei bem pra baixo, e como já citei aqui, são difíceis esses momentos longe de todo mundo que você tem como posto seguro. Daí entrei em mais um momento reflexivo, e como estes momentos estão sendo recorrentes. Será que algum dia vou ter uma plenitude emocional a ponto de não ter mais nenhum questionamento se estou fazendo a coisa certa? Será que algum dia vou olhar pra trás e ver que tudo que eu vivi foi só mais uma oportunidade de amadurecimento e crescimento pessoal? O grande clímax disso tudo é que mesmo que você veja todo o percurso da montanha-russa, você só saberá como se sente quando de fato vivenciar toda a trajetória, e pular do carrinho no meio do processo é fatal. Assim como na vida, a gente pode até ter um percurso a seguir, mas só sabe no final se tudo certo e se valeu a pena. Ah, desistir também é fatal, e pra mim não é uma opção.

1beijodá :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *